25/09/16

Dica da Cigana



Emoção e sensação são sentimentos viscerais, orgânicos, vinculados ao desejo de satisfazer o personalismo; é o sonho que os embala, mas quando o sonho não se torna realidade diante de esforços e de um prazo razoável, tomando ares de ideia fixa, é hora de reavaliar as metas e toma-las, se preciso for, por devaneios. Sonho, quimera, fantasia ou outra denominação do pensamento que não se solidifica representa ilusão (mesmo que muitas vezes pareça uma concepção lúcida) ou ainda capricho: o exercício da satisfação do ego a qualquer custo. Portanto, ver diante de si os repetidos fracassos ou a reincidência dos erros são sintomas mais que suficientes para entender que está seguindo a direção contrária, a contramão do bom senso, perdendo tempo em não submeter os anseios ao crivo da razão. Uma vez que o raciocínio e a lógica entram em ação, a autocrítica se sobrepõem a emoção e ganha espaço salutar para encobrir as emoções desregradas e enganosas. A alma humana é por si só um princípio inteligente, basta aciona-la para manter  contato com as esferas da realidade.


Valéria Fernandes
Desconheço autoria da imagem. 

24/09/16

Cigana do Dia


A tela está assinada. 

23/09/16

Vigiai e Orai! 



Há pensamentos que são orações. Há momentos nos quais, seja qual for a posição do corpo, a alma está de joelhos.” 
Victor Hugo 

Vigiai e orai, em todos os momentos, em qualquer que seja a ocasião e o local. Nem o corpo e nem a alma precisam se apoiar em convenções, necessitam tão somente expressar a voz do coração. 

Valéria Fernandes   

21/09/16

Gitana do Dia


Desconheço autoria da imagem. 

20/09/16

Cigana Dara



19/09/16

Dica da Cigana



Acreditar na intervenção de Alto não é esperar de braços cruzados o que se deseja, muito menos é perseguir um objetivo com ansiedade e com obstinação, mas sim ter serenidade e discernimento para reconhecer a hora de observar e a hora de agir. A influência dos Espíritos de Luz é incontestável para quem roga de coração por auxílio, entretanto, para obter êxito há que saber lidar com a impaciência, colocando em exercício a resignação. Esforço feito de um lado, ativa a fé e constrói os alicerces paro o merecimento – bases primordiais para aqueles que sabem que, independe do resultado visto, o trabalho no Plano Astral é constante e nada ocorre sem a aprovação de Deus.

Valéria Fernandes
    A tela está assinada.  

18/09/16

Cigana do Dia


Desconheço autoria da imagem. 

17/09/16

A Raposa do Baralho Cigano


Na Roma antiga a raposa era considerada o “demônio do fogo” por conta de seu pelo avermelhado. Pegavam-na pelo rabo e faziam-na de tocha viva para esconjurar os incêndios nas plantações de cereais. Para o povo germânico, ainda na antiguidade, a raposa era o símbolo de Loki - o deus enganador.


A carta Raposa representa o mal, a perfídia, a astúcia, o truque, a esperteza, o subterfúgio, a engenhosidade, a fraude, a camuflagem, as armadilhas, os golpes, a mentira, a deslealdade e a falsidade. Aponta o ludibriador, o oportunista, o sedutor que engana com falsos galanteios, indivíduo de coração frio e a pessoa ardilosa com segundas intenções. A Raposa remete ao estelionato, à perda financeira, aos prejuízos morais, aos falsos amigos, a situações complicadas cuja dissimulação e/ou a covardia estão presentes bem como a autossabotagem.

De forma positiva esta lâmina designa rapidez, flexibilidade, sagacidade, planejamento, observação, estratégia, audácia, inteligência. Há baralhos em que a carta Raposa aparece como nome de “As Armadilhas”, ressaltando o modo sinuoso e velado de lidar com terceiros. Esta carta descreve a pessoa observadora, discreta, autocrítica, com mente e retórica bem articuladas. No sentido físico identifica-se através desta lâmina indivíduos loiros, ruivos, de cabelos longos, com tendência a ter muitos pelos pelo corpo, principalmente quando é do sexo masculino. A Raposa mostra ainda pessoas elegantes, finas, discretas e de bom gosto.   

Valéria Fernandes
Carta Raposa de diversos Baralhos Ciganos 

16/09/16

Cigana Samira e Cigano Enrico


Detalhe da pintura de Maria do Carmo da Hora

15/09/16

Bela do Dia


A tela está assinada. 

12/09/16



09/09/16

Gitana do Dia


Desconheço autoria da imagem. 

08/09/16



06/09/16

Cigana do Dia


05/09/16

Cigana Natasha 



04/09/16

Esmeralda – Minha Cigana



Esmeralda é cigana de luz brilhante que emana vibrações de cura para o espírito e para o corpo. Seja em noite enluarada, seja em dia de sol ardente, Esmeralda cintila como estrela em raios luminosos de força e de amor. É cigana protetora, mas em minha tenda é Guardiã - mestra da sabedoria de seus ancestrais e dos encantamentos que espargem harmonia. Quando trabalha para seus protegidos Esmeralda trança as cores de suas fitas, rodopia sua saia em bailado e sacode seu pandeiro para afastar tudo que é nocivo. Esmeralda é cigana guerreira que triunfa nas pelejas de demandas, é cigana conselheira que serena as mais duras aflições.  

Valéria Fernandes
Desconheço autoria da imagem. 

01/09/16

Gitana do Dia


29/08/16

Abençoada semana!


A tela está assinada. 

26/08/16



25/08/16

Dança Flamenca



Desconheço autoria da imagem. 

24/08/16

Cigana do Pandeiro 


23/08/16

Ciganas do Dia



22/08/16



21/08/16




Que a Estrela Cigana ilumine sua estrada!

03/08/16

Cigana Madalena


Pintura de Maria do Carmo da Hora

02/08/16

Gitana do Dia


A tela está assinada. 

01/08/16



31/07/16

Gitana do Dia


Desconheço autoria da imagem.

30/07/16

Carta Lua – Saudade e Paixão


A Lua representa a figura feminina e passiva, intuitiva e fecunda; está ligada ao campo emocional, a psique humana, aos sentimentos ocultos e ao instinto. É uma carta que revela os sonhos, os romances, o inesgotável universo sentimental e onírico inerente ao ser humano.


Não raro, a influência desta lâmina remete à saudade, a um período de querer estar simultaneamente no passado por meio de lembranças, no presente através dos anseios, no futuro devido as fantasias ou em nenhuma das estações da mente barradas pela frustração da ansiedade. A carta Lua indica que o agora e o depois de confundem, as sensações de prazer e dor se misturam, bem como as percepções de perto ou longe, de certo ou errado. Porém, indiferente das limitações de tempo e espaço, a Lua denuncia a alma apaixonada que vaga nas profundezas do espírito por vezes agitada como o mar revolto, em outros instantes, suave como a brisa das tardes de outono. Esta carta assinala imaginação ativa, as quimeras de amor, as ilusões passionais, as utopias e os doces suspiros advindos da melancolia - enlaces mágicos de insegurança e de esperança que envolvem o ser enamorado.    

Valéria Fernandes
Carta Lua de diversos Baralhos Ciganos 

28/07/16

Gitana do Dia


27/07/16

Cigana do Deserto


Desconheço autoria da imagem. 

26/07/16

Gitana do Dia


25/07/16



24/07/16

Opchá!


22/07/16

Cigana do Dia


20/07/16

Carta Ramalhete

“Gentileza gera gentileza”



Há um conhecido ditado popular que diz assim: “Gentileza gera gentileza”, e com tão sábio “conselho”, como ainda ficar indiferente a este?! A carta Ramalhete muitas vezes alerta para que se dê mais atenção aos detalhes, indica para ir além do esperado por outrem. Pois, uma vez que se acredita estar fazendo pequenos gestos, pode-se realizar grandes diferenças no final do dia. Uma ação educada, um favor, um afago, uma dica, um ensinamento, um elogio ou mesmo um simples sorriso são acenos que expressam e movimentam os sentimentos de harmonia e de troca – sensações com cargas afetivas maiores que as próprias atitudes.  Não se pode negar que a gentileza de quem oferece uma flor é sempre gratificante, pois quem a entrega fica com seu perfume em mãos e com sua beleza na memória para ilustrar a mente e o coração quantas vezes forem necessárias para alento íntimo. 
         Seja gentil!

Valéria Fernandes
Carta Ramalhete do Baralho Sorte Lenormand 

19/07/16

Cigana do Dia


18/07/16

Força Cigana



Sem que se veja com os olhos da matéria, os olhos espirituais atentos sempre enxergarão uma iluminada Cigana a rodopiar ao seu redor. Ela traz júbilo nos dias melancólicos, colorido para os dias cinzas e festa para os corações desmotivados. A Cigana toca suas castanholas, gira sua saia e perfuma com rosas e alecrim aqueles que dela precisam. Quem pela Cigana clama com fé e humildade, recebe as vibrações abençoadas e ganha forças para revigorar a alma e jamais se entorpecer.

Valéria Fernandes
Pintura Cigana de Maria do Carmo da Hora

16/07/16

Ciganinha do Dia


Desconheço autoria da imagem. 

15/07/16

Dica da Cigana



A angústia é sempre uma bênção, mas só quem tem fé no futuro sabe das alegrias contidas nas horas de aflição. Portanto, acalma teu coração, pede paciência ao Alto, que não demora, e o bálsamo consolador te avisará dos dias aprazíveis que virão ao teu encontro. Busca o aprendizado com os desgostos e os contratempos, e logo verás o quão necessário é instruir-se com os períodos de fragilidade para fortalecer a alma.    

Valéria Fernandes
A tela está assinada. 

14/07/16

Cigano Pablo


A pintura está assinada. 

13/07/16

Cigana Aganara


12/07/16

Indiana do Dia


11/07/16

Reflexão  



“Muita gente quer desenvolver vidência, psicografia, desenvolver isso, desenvolver aquilo. Por que não desenvolve antes o trabalho, a bondade, a paciência e a compreensão?”  

Chico Xavier
Desconheço autoria da pintura

09/07/16

O Cavaleiro – Um aventureiro


Não há como ficar imune aos encantos de quem está sob a energia da carta Cavaleiro. O indivíduo que exala esta vibração demonstra muito bom ânimo, dinamismo, iniciativa, vigor e empolgação que encanta todos ao seu redor.  O otimismo parece ser um lema a ser seguido, uma vez que a vontade de alcançar os próprios desejos ecoa como a ação em si, já realizada. Uma pessoa representada por esta lâmina enxerga o dia de amanhã como sendo sempre o melhor em razão de seu espírito aventureiro e sua ânsia por ininterruptas inovações.




Os constantes desafios que requerem reboliços e mudanças fugazes são os mais procurados pelo ser que encarna o papel do Cavaleiro, pois a rotina não faz parte de seu cotidiano. Os aspectos negativos que esta carta aponta dentro desse contexto é não se prender a nada, não criar raízes, evitando assim laços emocionais que deixam um grande vazio nas relações pessoais. O indivíduo representado pelo Cavaleiro além de ser imediatista, se torna egocêntrico sem se dar conta, intolerante a mesmice e sem critério do que é melhor para sua vida. “Cavalga” em círculos de euforia e não cruza jamais a reta final.    

Valéria Fernandes
Carta Cavaleiro do Tarô Cigano

08/07/16

Bênção Cigana




“Ke Dhielo blagoe thire vaz, thire aka y thire mui!”
Que Deus abençoe suas mãos, seus olhos e sua boca!


Desconheço autoria da imagem. 

07/07/16



05/07/16

Ciganos do Dia


As tela estão assinadas.  

03/07/16

Cigana do Dia


02/07/16

Gitana do Dia


Desconheço autoria da imagem.