01/04/2017

Conselho da Cigana

- Magnetismo Obsessor -


O ser humano tem a capacidade de magnetizar pessoas, animais, ambientes e objetos, isto se deve à sua força fluídica vital, entretanto, para fazer uso dos próprios fluidos é preciso direcionar o foco para um determinado ponto que almeja atingir. A magnetização ocorre através do controle e concentração mental, seja de um indivíduo encarnado ou de um desencarnado, estes também podem fazer uso da magnetização para o bem ou para o mal, conforme seus valores morais. Há ainda àqueles em que a habilidade de magnetizar é mais fácil, outros buscam desenvolver esta aptidão de acordo com os intentos ou mesmo por necessidade.


Por toda parte vê-se pessoas que se desentendem sem vontade de assim agir, que não conseguem prosperar ainda que se esforcem, que parecem invisíveis quando querem atrair um amor, que se sentem sugadas, abatidas, tristes e sem energias por causas desconhecidas, estas procuram médicos, fazem exames e nada encontram de anomalias no que diz respeito à saúde física, muito provavelmente estão sofrendo influências magnetizadoras malfazejas. Quando fatos como estes atingem alguém é certo que o magnetizador encontrou na sua “vítima” brechas para agir, quase sempre é uma pessoa com fraquezas morais como a inveja, a avareza, o ciúme, o rancor, o egoísmo, o orgulho, a luxúria ou outras chagas da alma que são verdadeiras feridas abertas para “moscas” sedentas por sujeiras.

Através da autoanálise, do reconhecimento das faltas, o diagnóstico pode ser feito e as devidas providências devem ser tomadas para não ficar nas garras do magnetizador malévolo: a vigilância de não repetir os mesmos erros é essencial em casos assim, pois quem emana vibrações negativas somente as abandonam quando não encontram sentimentos iguais aos seus, uma vez que no universo espiritual os semelhantes se atraem; a oração é fundamental para se conectar com Espíritos de Luz e rogá-los não só por proteção, mas também por apoio e coragem para não mais cair nas “tentações”, sendo mais forte que as suas fraquezas; fazer o bem é uma arma poderosa contra investidas do magnetizador que visa o mal, no entanto, manter a mente ocupada com pensamentos dignos e edificantes é prioridade para modificar as más energias recebidas, desta forma a vítima combate o ataque com as mesmas ferramentas de seu perseguidor, por meio do magnetismo fluídico, neste caso, salutar e benévolo. O perseguido deve criar e manter constantemente imagens mentais positivas, orando sem cessar para que seu obsessor receba esclarecimento de Espíritos Superiores e desta maneira busque igualmente o caminho da regeneração.   

Valéria Fernandes