01/10/2015

Desdobramento do Centro da Mesa Real 

- Tiragem para o mês - 

Criei uma tiragem chamada Centro da Mesa Real. Seu título é explicado pela concentração das temáticas a serem exploradas e pela quantidade de cartas usadas, ao invés de 36 delas, usa-se apenas metade, 18 lâminas.  

O Centro da Mesa Real tem como objetivo averiguar com mais profundidade 3 questões relevantes da vida do consulente, este, por sua vez, faz a escolha dos 3 temas que lhes são prioritários. Apresento aqui o “Desdobramento” do Centro da Mesa Real que consiste em uma analise para todo o mês.




A tiragem tem 3 linhas com os temas a serem examinados (ex: amor, financeiro e espiritual); 5 colunas com divisão de tempo (passado recente, presente, 1º decênio do mês, 2º decênio do mês e 3º decênio do mês); mais 3 Cartas Reveladoras denominadas de Carta R1, Carta R2 e Carta R3  que reportam-se diretamente aos 2 últimos decênios, ou seja, as 2 últimas colunas das 3 esferas a serem trabalhadas.

A interpretação é feita através da leitura de cada linha, da esquerda para direita, do passado recente até o 3º decênio que finaliza o mês, isto é, até os 10 últimos dias do mês representando por uma carta. Ao finalizar a interpretação de uma linha a atenção é concentrada na Carta Reveladora correspondente a linha em estudo, sabendo que esta lâmina revelará algo não tão claro e que precisa vir à tona para esclarecer os 20 últimos dias do mês (os 2 últimos decênios).

No Desdobramento do Centro da Mesa Real é importante considerar a não existência precisa do tempo, uma vez que as passagens são de curta duração e se entrelaçam em alguns momentos. Normalmente o passado recente se mescla com o presente, o presente com o 1º decênio e assim por diante nas passagens de tempo. O tempo presente é um link para o 1º decênio. O 2º decênio não obrigatoriamente começará no 11º dia do mês bem como o 3º pode não começar no 21º do mês. No entanto, os resultados deste método são bastante esclarecedores, e de antemão, pode-se saber o que o mês nos reserva.       

Para ilustrar a apresentação interpretei resumidamente a Primeira Linha (amor) e sua Carta Reveladora (R1), com pretensão ilustrativa para melhor absorção do método, também partindo do princípio que a temos uma consulente do sexo feminino.    

  
Interpretação da Linha 1 e de sua Carta Reveladora

Posição 1 - Passado: Carta Aliança - Indica que a consulente estava ligada a alguém, e pelo conjunto das lâminas, parecia viver uma relação amorosa que não progredia, “andava em círculos”.

Posição 2 - Presente: Carta Livro - No momento presente a consulente fechou-se à relação, está mais reflexiva e reservada. Não está em contato direto com quem se relacionava.  

Posição 3 - 1º decênio do mês: Carta Pássaros - Aproximadamente do dia 1º ao dia 10 do mês a consulente pode vir a ter conversas triviais com seu parceiro anterior, mas a vontade de se libertar desta relação será maior.

Posição 4 - 2º decênio do mês: Carta Navio - Aproximadamente do dia 11 ao dia 20 do mês a consulente mudará o rumo da canalização de seus sentimentos amorosos, tendo a oportunidade de enxergar sua antiga relação por outra perspectiva, talvez com menos envolvimento emocional.

Posição 5 - 3º decênio do mês: Carta Estrelas - Aproximadamente do dia 21 ao dia 31 do mês a consulente sentira-se desagregada do enredo afetivo em que se colocou, sentindo-se serena e com harmonia interior. Muito provavelmente suas angústias relacionadas ao amor estarão tão dispersas que ela pouco se afetará com o assunto.
  
Hora de analisar a Carta Reveladora da Linha 1 que é O Chicote. Como já se sabe, a Carta R1 vai indicar algo não tão explicito relativo aos 2º e 3 º decênios respectivamente.

R1: Chicote – Esta lâmina dá dicas de que a consulente vivenciou uma relação marcada por discórdias, tensões e imposições destrutivas, motivos ocultos para entendermos melhor as cartas Navio e Estrelas (dos 2º e 3º decênios do mês) que falam de mudança de rumo e libertação interior.

Em suma, basta prosseguir as interpretações das outras 2 linhas e de sua Carta Reveladora que terá uma ampla visão do que vai acontecer durante o mês.


Valéria Fernandes